Páginas

31 dezembro 2012

30 dezembro 2012

Suspiros.

E os passos dados apressados se fizeram naquela imensa estação do metro e nas calçadas sujas da cidade. E o som incessante de buzinas, e milhares de pessoas que nos cercavam, e as construções pelas quais passamos.
Até que, ao meio de tanto desencanto, você me aparece, tão fugaz! Surge como qualquer coisa que é vida e poesia...
 E hoje faz um ano! Faz sim, um ano que eu te encontrei ali, imóvel com um de seus livros sob as mãos, concentrado - ou fingindo estar - enquanto me esperava. E eu te olhava de longe, balançando a cabeça negativamente (como quem não acredita no que vê), e ainda me perguntando se você era 'de verdade' (suspiros!)
Sebo - Livros - Assim sem você - Beijo! '' Então me abraça forte e diga que se tiver que ir, irá voltar!''
 E foi assim, meu amor...
Foi assim que comecei a te amar



Do a m o r!





'' O amor comeu minha paz e minha guerra. Meu dia e minha noite. Meu inverno e meu verão. Comeu meu silêncio, minha dor de cabeça, meu medo da morte.''

Pedacinhos

Detalhes tão pequenos de nós dois...


Amém, criei!

Pois é... finalmente criei um blog!
 Para aqui poder escrever o que me falta expressar ( ou não, haha), minhas lamentações, ações, momentos de alegria ou apenas para me confortar, mesmo que ninguém o leia. Hoje é um domingo chuvoso, onde uma gripe me pegou de jeito e passei o dia inteiro aqui, em frente a esse monitor, procurando algo para me fazer sorrir.. mas sabe que eu nada encontrei?
 Vamos escrever então!


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...