Páginas

01 abril 2013

Cafe the Flore

Curar um coração partido não é fácil. As vezes leva uma vida inteira… ou duas.




               Café de Flore é uma história de amor sobre pessoas separadas pelo tempo e espaço mas conectadas em profundas e misteriosas maneiras. Atmosférico, fantástico, tragico e esperançoso, a crônica do filme sobre o paralelo destino de Jacqueline, uma jovem mãe de uma criança com Síndrome de Down nos anos 60 em Paris, e Antoine, um DJ bem-sucedido e recém divorciado nos dias de hoje em Montréal. O que conecta as duas histórias é o amor – eufôrico, obessesivo, tráfico, jovem, eterno amor.





                 Não criei uma expectativa imensa sobre esse filme, mas até hoje, é um dos melhores filmes que eu assisti na vida. É uma linda história de amor sobre almas gêmeas que fará você se arrepiar nas belas cenas em Paris e chorar ao se dar conta da realidade na história em Montréal. A fotografia é lindíssima, e a música é a grande fonte de inspiração desse filme. É bonito ver as cenas de flash back conectadas com as músicas que expõem os sentimentos dos personagens. Belo, delicado e profundo. Um amor só, de verdade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...